Correntes filosóficas: O que são? Aprenda Aqui!

correntes filosóficas

A filosofia é um campo de estudo amplo e que contempla diversas linhas. Elas se revelam em correntes filosóficas que se desenvolvem a partir de um conceito central. Mas como elas funcionam e como se diferenciam? É o que veremos hoje.

Essas correntes pertencem, todas, ao estudo crítico e analítico sobre formas de pensamento, de ver o mundo e agir nele. Por isso, tentam entender a humanidade, o desenvolvimento de conceitos e seus resultados.

Para isso, contudo, cada uma dessas correntes parte de um objeto e de uma leitura dele. É por isso, então, que elas se diferenciam. Afinal, elas compreendem o mundo e a interação humana com eles de modo diverso. Para conhecer mais, continue lendo.

correntes filosóficas

Correntes filosóficas: conheça as linhas de pensamento https://vaidebolsa.com.br/correntes-filosoficas

Aprenda o que são correntes filosóficas

Elas nada mais são que linhas de estudo. É muito comum que dentro das áreas da filosofia, existem as correntes diferentes. Isso não se limita à filosofia, portanto. Em verdade, isso está em todos os demais âmbitos das ciências humanas e até exatas.

Por isso, quando falamos em correntes da filosofia é preciso ter em mente que todas se dedicam ao estudo filosófico. Diferenciam-se, então, quanto à forma como encaram o objeto de estudo. Da mesma maneira, quanto à foto que dão e o ponto de partida.

Com isso, surgiram diversas correntes ao longo dos séculos. E isso não por acaso, afinal o surgimento da filosofia remete ao início do século VI a.C. Ao longo do tempo, então, desenvolveram-se formas diversas de pensar o mundo de forma racional.

Quais são as principais correntes filosóficas?

A filosofia é um termo de origem grega que significa “Amor pela Sabedoria”. E essa tradução já revela muito. Afinal, ela busca encarar o mundo de maneira racional. A mesma coisa ocorre em relação às tentativas de entender os comportamentos, organizações políticas e sociais.

Essa pluralidade de objetos de estudo e de pensamentos é que permitiu o surgimento de correntes diversas. Para conhecer as principais, continue lendo. Abaixo você encontra tudo sobre as de maior destaque.

Idealismo

A primeira das correntes filosóficas que apresentamos é o Idealismo. Os seguidores dessa linha entendem que tudo o que vemos é resultado das ideias. Ou seja, o mundo exterior somente existe a partir da interpretação que damos a ele.

Ou seja, mesmo tudo o que já existia antes da nossa existência somente se apresenta a nós a partir da interpretação que damos. E isso se torna mais fácil de perceber quando nos referimos aos sentidos.

São as sensações do tato, olfato, visão e degustação que nos permitem perceber as coisas. E somente depois disso é que elas ganham sentido. Ou seja, este está no nosso interior, e não no exterior. 

Aliás, são vários os filósofos que se relacionam com essa doutrina. Dentre eles estão Platão e Santo Agostinho. Cada qual, é claro, com sua própria visão dentro dessa única corrente filosófica.

Materialismo

A segunda das linhas de filosofia que trazemos é o Materialismo. Este, aliás, é diametralmente contrário ao Idealismo. Aqui, considera-se que é o mundo exterior que dá sentido às coisas.

Segundo os filósofos dessa corrente filosófica, a materialidade e seu movimento é que permitem que algo seja real. Além disso, todos os fenômenos, sejam sociais ou naturais, decorrem de interações materiais.

Portanto, considera-se que a única coisa que comprova a existência de algo é a sua própria materialidade. E tudo, segundo a linha, é feito de matéria e de interações materiais. Karl Marx e Aristóteles estavam entre os principais expoentes dessa corrente.

Racionalismo

Essa é a corrente filosófica que tem como principal representante René Descartes. Ele, aliás, foi quem inventou a famosa máxima “Penso, logo existo”. Esses termos revelam o uso do racionalismo humano, que deixa os sentimentos e sensações de lado.

Ou seja, ele considera que é possível comprovar a sua existência humana pela capacidade de pensar. Além disso, nessa linha a explicação do mundo e dos fenômenos deve seguir sempre uma linha racional.

Somente a razão, dessa forma, pode validar um conhecimento. O raciocínio é a forma de entender o mundo. Além de Descartes, também se destacam nessa corrente filosófica Hegel, Kant e Spinoza.

correntes filosóficas

Existencialismo

Outra corrente filosófica bastante famosa é o Existencialismo. Dentre seus representantes, o que mais se destaca é Sartre juntamente a Kierkegaard.

E qual é o pensamento que essa linha da filosofia defende? Aqui, diferentemente do Racionalismo, a subjetividade está no centro das atenções. Afinal, seria impossível desconsiderar questões pessoais e sentimentais ao entender um indivíduo e sociedade.

Com isso, todas as pessoas seriam livres para realizar suas escolhas. Da mesma maneira, para lidar com os resultados delas. Portanto, haveriam sistemas abstratos e universais que comporiam tal estudo.

Essas são apenas algumas das correntes filosóficas. Como dissemos, elas se desenvolvem através dos séculos. Com isso, são diversas. Vale citar, ainda, as linhas do Pós-Modernismo, o Neocriticismo, Pragmatismo e Empirismo.

Correntes filosóficas: O que são? Aprenda Aqui!
Rolar para o topo